Título: Foste a Maneira Mais Bonita de Errar

Género: Ficção

Páginas: 312

Sinopse: O livro em que Pedro Chagas Freitas volta aos grandes romances, com uma história de força e superação. Um livro de amores possíveis e impossíveis carregados de determinação e força de viver.

Uma história de uma mulher corajosa que, mesmo depois de a vida a levar a enfrentar vários desafios, nunca desiste de ser quem é e aprende a reinventar-se num mundo que insiste em não deixá-la ser forte.

Mais do que um romance, este livro é uma lição de vida, contada no estilo único de Pedro Chagas Freitas, que parece sussurrar-nos ao ouvido.

Uma história incrível, viciante e comovente, que nos mostra a importância do amor e de nunca deixarmos de ser quem somos.

Excerto

“Estamos atulhados de quem ocupe espaço sem preencher vazios. Pensamos que ter pessoas connosco é levá-las para a cama, andar de braço dado na rua.

Há decisão maior do que o amor? O engano é querer fugir-lhe. Amar é não cansar de tentar. Só tropeça quem passa a vida a olhar para trás. A única certeza é o amor.

Não pretendo a lógica, só a paz. Não me cansarei de tentar.”

Quero obter mais informações: